CIRURGIA ORTOPÉDICA EM EQUINOS NO BRASIL: EVOLUÇÃO E ESTUDO RETROSPECTIVO DOS CASOS DE FRATURAS NO SERVIÇO DE CIRURGIA DE GRANDES ANIMAIS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (1997-2019)

A. F. SOUZA, F. S. NÓBREGA, J. D. SPAGNOLO, R. R. CORRÊA, L. C. L. C. SILVA, A. L. V. ZOPPA

Abstract


A abordagem de fraturas em equinos é um desafio para os cirurgiões veterinários, devido ao porte e temperamento da espécie, associados aos altos custos envolvidos e prognóstico nem sempre favoráveis. O desenvolvimento de técnicas e materiais tem permitido uma melhor abordagem cirúrgica e refletindo em taxas de sucesso cada vez maior. Neste sentido, este trabalho tem por objetivo discutir alguns fatores que influenciaram a evolução na abordagem do tratamento de fraturas em equinos no Brasil e apresentar estudo retrospectivo de casos de fraturas atendidos no Serviço de Cirurgia de Grandes Animais da FMVZ/USP, entre os anos de 1997 e 2019. Foram analisados os dados de 45 prontuários, mostrando que a abordagem cirúrgica evoluiu com o passar dos anos, com aumento no número de casos e desfechos positivos. Melhoria das técnicas cirúrgicas e dos cuidados pós-operatórios, além da utilização de placas bloqueadas, foram fatores que direcionaram a melhora do prognóstico principalmente com relação à vida do paciente, mas também com relação a função, em casos mais específicos.



DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2020v36n2p98-108