DECREASE OF SOMATIC CELL COUNT IN RAW MILK THROUGH EXPERIMENTAL MODEL OF FRAUD / Diminuição da contagem de células somáticas em leite cru através de modelo experimental de fraude.

M. C. OLIVEIRA, L. C. ROMA JUNIOR, A. M. C. VIDAL-MARTINS, J. C. C. BALIEIRO

Abstract


Tendo em vista busca por rendimento industrial e lucratividade, as indústrias propuseram pagamento pela qualidade do leite produzido, assim o produtor receberia bonificação ou penalização referentes à composição do leite como teores de gordura, proteína e contagem de células somáticas (CCS). Porém, quando existem programas de melhoria de qualidade onde o produtor poderá ser bonificado/penalizado ocorre o risco de fraudes surgirem, a fim de atender o estabelecido. O objetivo desse estudo foi verificar a viabilidade do modelo experimental de fraude mediante a diminuição da CCS pela subtração de porções de sobrenadante de leite mantido em estação e avaliar as consequências desta subtração sobre alguns componentes do leite. Para tal, foram utilizadas amostras de leite de 18 animais, submetidas a dois diferentes períodos de estação e/ou repouso (30 e 60 minutos) e posteriormente subtraídos 5,0%, 7,5% e 10,0% dos sobrenadantes do leite oriundos destas vacas. Os resultados demonstraram que é possível diminuir a CCS do leite por meio do modelo experimental de fraude. Através das análises estatísticas pode-se concluir que o melhor modelo de diminuição de CCS é obtido pela subtração de 7,5% do sobrenadante por 30 minutos de repouso. Os programas de pagamento por qualidade devem ser usados como forma de incentivo à melhoria da qualidade do leite e para evitar as fraudes. O pagamento pelo requisito da gordura deve ser mantido para fins de avaliação da amostragem correta do leite e como um indicativo de possíveis fraudes na CCS do leite. Apesar do modelo experimental ter demonstrado a possibilidade da diminuição da CCS, trazendo bonificação ao produtor quanto a este componente, as análises estatísticas demonstraram que o mesmo não é viável, pois os produtores perderiam em outros componentes que também são utilizados como parâmetros para bonificação e em volume de leite, o que poderia gerar a penalização.

 

SUMMARY

 

In order to reach the industrial profitability the industries proposed the Premium Milk Payments, where the producer would get bonus or would be punished focusing on milks composition like fat, protein and (SCC) somatic cell count. However, when there is improvement milk quality program where the producer can have bonus or being penalized there is a risk of fraud. This study aims to verify the feasibility of the experimental model to SCC fraud by subtraction portions of the supernatant of milk and evaluate the consequences of this subtraction on some components of the milk. For experimental model were used milk samples from 18 lactating cows, and milk samples subjected to two different rest period and subsequently subtracted 5,0%, 7,5% and 10,0% of supernatant of milk. The results showed that is possible to reduce SCC from the milk through the experimental model of fraud described. The statistical analyzes showed as results the best model to reduce SCC obtained by subtracting 7,5% of the supernatant by 30 minutes rest. The Premium Milk Payments should be used as an incentive to improve the quality of milk to prevent fraud. The payment requirement for fat should be kept for the purpose of assessing the correct sampling of milk and as indication of possible fraud in the SCC from milk samples. Despite the experimental model have demonstrated the possibility of decreased SCC, bringing bonus the producer on this component, the statistical analyzes show that it is not feasible, because the produces would lose in other components that are also used as a reference for subsidy and milk volume, which could be lead to penalty. 




DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2013v29n3p143-147