AVALIAÇÃO DOS EFEITOS CARDIOCIRCULATÓRIOS EM ÉGUAS SUBMETIDAS A ESTÍMULO CIRÚRGICO PERINEAL APÓS INJEÇÃO EPIDURAL DE LIDOCAÍNA ASSSOCIADA À SOLUÇÃO DE CLORETO DE SÓDIO 0,9%, À MORFINA OU AO BUTORFANOL.

A. T. B. MORAES, J. A. MARQUES, M. P. PINHO

Resumo


Fármacos analgésicos administrados pela via epidural têm sido cada vez mais utilizados como alternativa para a prevenção de estímulos nociceptivos e analgesia em eqüinos. Neste estudo, objetivou-se avaliar os efeitos comportamentais, parâmetros cardiocirculatórios (freqüência cardíaca ? FC, freqüência respiratória ? FR e pressão arterial média ? PAM) e temperatura retal ? TR, quando da injeção epidural de lidocaína associada à solução de cloreto de sódio a 0,9% (L+S ? 2,5 mg/kg), lidocaína/butorfanol (L+B ? 2,5 mg/kg e 0,04 mg/kg) e lidocaína/morfina (L+M ? 2,5 mg/kg e 0,05 mg/kg) em 21 éguas submetidas à incisão perineal. Antes da administração dos fármacos, foram realizadas as medidas iniciais (T0) de cada um dos parâmetros. A seguir, foram realizadas medidas aos 5 minutos (T5) após a injeção epidural e a incisão perineal e de 10 em 10 minutos até T60, a seguir de 15 em 15 minutos até decorridos 180 minutos (T180). A partir deste momento realizou-se medida da FC, FR e TR nos tempos T360, T720 e T1440. Não houve alterações, como euforia, excitação ou ataxia com as respectivas doses utilizadas. Com relação à FC, não houve diferença significativa entre os grupos estudados (Teste de Student - Newman ? Keuls, p < 0,05). O grupo de éguas que recebeu a associação L+M foi o que apresentou maior depressão respiratória, sendo signifcativa em relação ao grupo L+S nos tempos T20 a T1440. A temperatura retal sofreu aumento significativo nos grupos L+B e L+M em relação ao grupo L+S nos tempos T360 a T1440 (Teste de Student - Newman ? Keuls, (p < 0,05), bem como entre os tempos do grupo L+B. Concluímos que a associação L+B e L+M produziu diminuição significativa da FR em relação ao grupo L+S. A PAM do grupo L+B apresentou diminuição significativa em relação aos demais grupos. A TR apresentou aumento significativo em relação ao T0 nos grupos L+B e L+M.
PALAVRAS-CHAVE: Epidural. Eqüinos. Lidocaína. Opióides.

Texto completo:

Artigo na Íntegra - PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2005v21n2p220-227