CLINICAL VALUE OF NITROBLUE TETRAZOLIUM TEST (NBT) IN THE DIAGNOSIS OF CANINE INFLAMMATORY PROCESSES / Valor do teste de redução do Tetrazólio Nitroazul (NBT) no diagnóstico de processos inflamatórios caninos.

A. M. BOSCO, R. COUTO, P. P. PEREIRA, B. F. M. ALMEIDA, P. C. CIARLINI

Resumo


Objetivou-se estimar o valor clínico do teste de redução do tetrazólio nitroazul (NBT) no diagnóstico dos processos inflamatórios de cães, comparando-o com o leucograma e a concentração plasmática de fibrinogênio. Para tal, determinou-se a porcentagem de neutrófilos redutores de NBT, a concentração plasmática de fibrinogênio e o leucograma de 242 cães, incluindo animais sadios e com quadro inflamatório, portadores ou não de hepatopatias, azotemia ou hipogamaglobulinemias. O uso do teste de redução do NBT permitiu confirmar 30,43% dos processos inflamatórios em cães.  O uso associado do teste de redução do NBT com a determinação do fibrinogênio plasmático e leucograma possibilitou uma maior eficiência diagnóstica, identificando-se 84,35% dos processos inflamatórios. Não foi verificado um efeito significativo da hipogamaglobulinemia e da hepatopatia sobre a capacidade do neutrófilo reduzir o NBT em cães com doenças inflamatórias, porém os resultados obtidos sugerem que a azotemia possa afetar a capacidade do neutrófilo em reduzir o NBT. Conclui-se que o teste de redução de NBT é  pouco sensível para o diagnóstico dos processos inflamatórios em cães, porém  útil nos casos em que o fibrinogênio e o leucograma não são capazes de detectar a inflamação.

 

 

 

SUMMARY

 

The purpose of the present study is to determine the clinical value of nitroblue tetrazolium reduction test (NBT) to diagnose inflammatory processes in dogs, and compare to white blood cell count (WBC) and concentration of plasma fibrinogen. To this end, we determined the percentage of NBT reducing neutrophils, concentration of plasma fibrinogen and WBC of 242 dogs, including both healthy dogs and animals with inflammation processes, with or without liver disease, azotemia or hypogammaglobulinemias. The NBT reduction test confirmed 30.43% of inflammatory diseases in dogs. The combined use of NBT reduction test, plasma fibrinogen and WBC was more efficient and identified 84.35% of inflammatory processes. Hypogammaglobulinemia and liver disease did not alter the ability of neutrophils to reduce NBT in dogs with inflammatory diseases, but results suggest that azotemia may affect the ability of neutrophils to reduce NBT. It can be concluded that NBT reduction test has low sensitivity for the diagnosis of inflammatory diseases in dogs, but it is useful in cases where the fibrinogen and WBC are not able to detect inflammation.




DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2012v28n3p161-168