DETECÇÃO DE ANTICORPOS ANTI-Leptospira spp. EM TRABALHADORES URBANOS E RURAIS DO MUNICÍPIO DE GARANHUNS, PERNAMBUCO / DETECTION OF Leptospira spp. ANTIBODIES IN URBAN AND RURAL WORKERS OF GARANHUNS, PERNAMBUCO

G. M. SILVA, A. L. SILVA NETO, N. A. ASSIS, L. A. MATHIAS, D. F. BRANDESPIM, J. W. PINHEIRO JÚNIOR

Resumo


A leptospirose é uma antropozoonose, causada por bactérias do gênero Leptospira que pode provocar uma doença infecciosa febril de início abrupto e apresenta-se de forma leve, ou ainda evoluir para a forma grave, com letalidade de 40%. Considerada uma doença de risco ocupacional, pode acometer os trabalhadores em limpeza e desentupimento de esgotos, garis, catadores de lixo, agricultores, veterinários, dentre outros profissionais (BRASIL, 2009). Considerando a importância desta enfermidade e os poucos estudos realizados no estado de Pernambuco, objetivou-se com este trabalho determinar a prevalência de anticorpos anti-Leptospira spp. em trabalhadores do município de Garanhuns, do Estado de Pernambuco.Participaram da pesquisa trabalhadores da área urbana e rural. Na área urbana foram coletadas amostras de 80 garis, 8 catadores de material para reciclagem de uma associação e na área rural, 66 trabalhadores do distrito de São Pedro. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) da Plataforma Brasil, com número CAAE 03798812.3.0000.5207. A sorologia foi realizada pela técnica de soroaglutinação microscópica (SAM), utilizando-se antígenos vivos (BRASIL, 2005), com ponto de corte de 1:100. Verificou-se 5,19% (8/154) de prevalência de anticorpos anti-Leptospira spp., sendo 62,5% dos reagentes da zona urbana e 37,5% da zona rural. Os sorovares mais frequentes foram o Grippotyphosa (12,5%) na área rural, e na área urbana o Autumnalis (12,5%), enquanto o Wolffi (25%) e o Australis (50%) foram verificados tanto na área rural como na urbana.  Para a titulação de 1:100 o percentual foi de 62,5% (5/8), 1:200 foi de 25% (2/8) e 1:400 foi de 12,5% (1/8). Este foi o primeiro estudo a relatar a presença de anticorpos anti-Leptospira spp. em amostra sérica humana, realizado no município de Garanhuns. Isto alerta para a necessidade de implantação de medidas de profilaxia, pelas equipes de saúde da família e vigilância em saúde.

 

SUMMARY

 

Leptospirosis is an anthropozoonosis caused by bacteria of the genus Leptospira which can cause a febrile infectious disease with abrupt onset, which can present itself as light, or progress to a severe form, with 40% mortality rate. Considered an occupational risk disease, it can affect workers in cleaning and unclogging drains, street sweepers, garbage collectors, farmers, veterinarians, among other professionals (BRAZIL, 2009). The aim of this work was to determine the prevalence of Leptospira spp. antibodies in the workers of Garanhuns, Pernambuco due to the importance of this disease and the few studies that have been conducted in this state. Participants were urban and rural workers. In the urban area, samples were collected from 80 street sweepers and 8 recyclable waste pickers of a recycling association while in the rural area; samples were collected from 66 workers of the Sao Pedro district. The project was approved by the Research Ethics Committee (CEP) of Platform Brazil, under protocol CAAE 03798812.3.0000.5207. Serology was performed by microscopic agglutination test (MAT) using live antigens (BRAZIL, 2005), with a cutoff of 1:100. There was 5.19% (8/154) prevalence of Leptospira spp. antibodies, of which 62.5% in the urban area and 37.5% in rural areas. The most frequent serotypes were Grippotyphosa (12.5%) and Autumnalis (12.5%) in rural and urban areas, respectively, while Wolffi (25%) and Australis (50%) were observed in both rural and urban areas. For titration of 1:100, the percentage was 62.5% (5/8), 1:200 was 25% (2/8) and 1:400 was 12.5% (1/8). This was the first study to report the presence of Leptospira spp. antibodies in human serum samples in Garanhuns. Therefore, prevention measures should be implemented by family health and health surveillance teams.


Texto completo:

PDF - RESUMO PDF - SUMMARY


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2013v29n4p106