UM NOVO PROTECTOTIPO DE UM GENÓTIPO VARIANTE DO VIRUS DA BRONQUITE INFECCIOSA (VBI) ISOLADO NO BRASIL DEFINIDO PELO TESTE DE PROTEÇÃO VACINAL COM A ESTIRPE MASSACHUSSETTS H120 / A NEW PROTECTOTYPE OF A VARIANT GENOTYPE OF INFECTIOUS BRONCHITIS ...

F. S. FERNANDO, R. M. SANTOS, K. R. SILVA, E. S. OLIVEIRA, M. F. S. MONTASSIER, H. J. MONTASSIER

Resumo


Um grande número de genótipos e fenótipos do VBI (sorotipos e patótipos) aparece com frequência em todo o mundo, incluindo as cepas variantes encontradas no Brasil, apesar da vacinação rotineira que acontece neste país com estirpes do VBI Massachusetts. No entanto, agrupar isolados do VBI em imunotipos ou protetotipos é mais relevante do ponto de vista prático, porque fornece informações diretas sobre a eficácia de uma vacina contra o VBI. Cepas do VBI que induzem proteção contra o outro pertencem ao mesmo imunotipo. Neste estudo, a proteção induzida pela vacina da estirpe Massachusetts (H120) foi avaliada após o desafio com uma estirpe variante do VBI isolado no Brasil. Doze frangos LPE (livres de patógenos específicos) foram vacinados via óculo-nasal aos 21 dias de idade e desafiados com isolados de campo 21 dias pós-vacinação. Três frangos foram sacrificados aos 4, 7, 11, 14 dias pós-infecção (dpi). Os sinais clínicos foram registrados e amostras de tecidos foram coletadas da traqueia, rins e gônadas, e avaliadas quanto à presença de lesões por exame histopatológico, à carga viral por RT-qPCR, ao tropismo viral por imuno-histoquímica, e estase traqueal ciliar. Sintomas respiratórios leves foram observados em aves vacinadas e desafiadas. Além disso, a VBI foi detectada em todos os órgãos de aves vacinadas, embora as cargas virais mais elevadas estivessem presentes em rins e testículos. As lesões traqueais foram mais proeminentes entre 4-7 dpi. Os rins apresentavam uma nefrite moderada entre 4-11 dpi, e o testículo apresentou degeneração das células dos túbulos seminíferos entre 7-14 dpi. Assim, a vacina H120 promoveu apenas uma proteção parcial contra esta variante brasileira com relação à infecção da traqueia e dos rins e nenhuma proteção cruzada para a infecção dos testículos. Concluindo, este estudo caracterizou um novo imunotipo de um genótipo variante do isolado do VBI brasileiro no que diz respeito à estirpe da vacina Massachusetts, que é utilizada no Brasil atualmente.

 

 

SUMMARY

A high number of IBV genotypes and phenotypes (serotypes and pathotypes) are frequently emerging worldwide, including the variant strains found in Brazil, despite the routine vaccination in this country  with Massachusetts IBV vaccine strains. However, grouping IBV strains into immunotypes or protectotypes is more relevant from a practical point of view, because it provides direct information about the efficacy of an IBV vaccine. IBV strains that induce protection against each other belong to the same protectotype. In this study, we conducted the evaluation of protection induced by the Massachusetts  (H120) vaccine strain upon challenge with a variant strain of IBV isolated in Brazil. Twelve SPF (specific pathogen free) chickens  were vaccinated with by oculo-nasal route at 21 days old and challenged with field isolate 21 days post-vaccination. Three birds were euthanized at 4, 7, 11, 14 days post-infection (dpi). Clinical signs were recorded and tissue samples were collected from trachea, kidney and gonads, and were evaluated for the presence of lesions by histopathology, viral load by RT-qPCR, viral tropism by immunohistochemistry, and tracheal ciliary stasis. Mild respiratory symptoms were observed in vaccinated and challenged chickens. Additionally, IBV was detected in all organs of vaccinated birds, though higher viral loads were present in kidneys and testicles. The tracheal lesions were more prominent between 4-7 dpi. The kidney showed a moderate nephritis between 4-11 dpi, and the testicle showed degeneration of the seminiferous tubules cells between 7-14 dpi. Thus, the H120 vaccine induced only a partial protection against this Brazilian variant isolate with regard to the infection of trachea and kidney and no cross-protection to the infection of testicles. In conclusion, a new protectotype. of a variant genotype of a Brazilian IBV isolate was characterized in this study with regard to Massachusetts vaccine strain which is currently used in Brazil.

 


Texto completo:

PDF - RESUMO PDF - SUMMARY


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2013v29n4p3