ANÁLISE DE TRÂNSITO DE AVES, SISTEMAS DE NOTIFICAÇÃO E LEGISLAÇÃO VIGENTE NO ESTADO DE SERGIPE DE 2008 A 2012 / ANALYSIS OF POULTRY TRANSIT, NOTIFICATION SYSTEMS AND APPLICABLE LAW IN SERGIPE, FROM 2008 TO 2012

V. L. M. OLIVEIRA, Y. A. C. BLANCO, S. M. PEREIRA, F. R. P. BRUHN, E. LOPES, C. M. B. M. ROCHA

Resumo


Com o objetivo de avaliar o trânsito de aves e a fiscalização relacionando-os com o surgimento de enfermidades nesta espécie e o Serviço de Defesa Sanitária no estado de Sergipe, foram obtidas informações sobre os relatórios mensais de trânsito das barreiras fixas (SIDEAGRO e SIAPEC) e também os emitidos pelos médicos veterinários (GTA). As notificações de enfermidades foram compiladas por meio da análise de notificação de doenças, informações epidemiológicas e lançamentos feitos no Sistema de vigilância. A ENDAGRO é responsável pelo abastecimento do mercado estadual de aves de abate, que são movimentadas em caminhões e vendidas em pequenas quantidades. Foi possível observar que entre 2008 e 2012, 71% do trânsito ocorreu apenas entre sete municípios - Aracaju, Simão Dias, São Cristóvão, Itaporanga d’Ajuda, Lagarto, Santo Amaro das Brotas e Estância - sendo um resultado relevante, à medida que nestes se concentraram 71% das notificações de doenças. É importante ressaltar que não existem ações de educação sanitária, nem mapeamento das regiões de risco sanitário, tampouco a realização de estudos de caracterização epidemiológica dos municípios. Em relação às notificações de enfermidades, observou-se o acometimento, principalmente, de micoplasmose e morte súbita. Três dos municípios acometidos por enfermidades são aqueles responsáveis por grande parte do trânsito intraestadual, apontando a importância da movimentação dos animais na ocorrência e disseminação de doenças. Isto significa que o médico veterinário responsável deve possuir conhecimentos da caracterização epidemiológica do local, que possibilita uma maior capacidade de resposta aos problemas e uma melhor ação de defesa sanitária animal. Nos municípios onde ocorre um maior fluxo de comercialização, são necessárias ações de educação sanitária com o devido mapeamento das regiões de risco sanitário para enfermidades, além da realização de caracterização epidemiológica.

SUMMARY

 

In order to evaluate the transit of birds and supervision relating them to the emergence of diseases in poultry and the Health Protection Service in Sergipe state, information was obtained on the monthly reports of traffic from fixed barriers (SIDEAGRO and SIAPEC) and also those issued by veterinarians (GTA). Notifications of diseases were compiled by analyzing disease notification, epidemiological information and data recorded in the health protection system. The ENDAGRO is responsible for supplying the poultry state market; the birds are transported in trucks and sold in small quantities. It was observed that between 2008 and 2012, 71% of traffic occurred only between the following seven counties: Aracaju, Simao Dias, Sao Cristovao, Itaporanga d'Ajuda, Lagarto, Santo Amaro das Brotas and Estancia. This result is important since these counties concentrated 71% of notified diseases. It is noteworthy that there is neither sanitary education nor mapping of the health risk regions or epidemiological characterization studies of these municipalities. The illnesses reported were mainly mycoplasmosis and sudden death. Three of the municipalities affected by those diseases are responsible for much of the intrastate traffic, thus highlighting the importance of the movement of animals in the outbreak and spread of diseases. This result shows that the veterinarian in charge should have knowledge about the epidemiological characterization of the local, allowing greater response ability to problems and better action to preserve animal health. It is concluded that sanitary education with appropriate mapping of the regions at risk for diseases and epidemiological characterization are necessary in municipalities where there is greater trade flow.


Texto completo:

PDF - RESUMO PDF - SUMMARY


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2013v29n4p137