PERCEPÇÃO DOS CONSUMIDORES DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL DE LAVRAS – MINAS GERAIS, BRASIL, EM RELAÇÃO AO SERVIÇO DE INSPEÇÃO E SEGURANÇA DOS ALIMENTOS / CONSUMERS PERCEPTIONS OF ANIMAL PRODUCTS OF LAVRAS – MINAS GERAIS, BRAZIL, IN RELATION TO THE ...

N. A. AMBRÓSIO, T. F. SILVA, J. M. BARBIERI, M. F. M. ROCHA, G. M. COSTA, C. M. B. M. ROCHA

Resumo


Com o objetivo de caracterizar os consumidores de produtos de origem animal (POA) na cidade de Lavras, Minas Gerais conforme suas percepções em relação ao serviço de inspeção de POA e conceitos sobre segurança dos alimentos foi elaborado um formulário de entrevista com questões objetivas e dissertativas referentes à condição social, grau de escolaridade, conhecimento da importância do serviço de inspeção e de possíveis doenças veiculadas por POA. Os locais de aplicação das entrevistas foram selecionados por amostragem aleatória simples entre os supermercados de maior representatividade no município. Utilizou-se uma amostra de 101 consumidores, que foram abordados aleatoriamente, de ambos os sexos e com idade superior a 18 anos de idade. Os resultados foram obtidos através de uma análise descritiva dos dados coletados. Foi observado um desconhecimento a respeito do serviço de inspeção de POA (76%), assim como da atuação do Médico Veterinário na preservação da saúde de tais consumidores (85%). Embora 92% dos entrevistados demonstrem um conhecimento referente às possíveis doenças transmitidas por alimentos de origem duvidosa, quando foram questionados em relação às vantagens em consumir um produto de origem animal inspecionado, 23% afirmaram não saber sobre tais vantagens, ou relacionaram com a qualidade do produto (28%) e segurança dos alimentos (36%). Como qualidade do produto, os consumidores entendem como sendo aqueles alimentos dentro do prazo de validade, não sendo comercializados deteriorados, podendo assim oferecer algum risco a sua saúde. Em relação à segurança dos alimentos eles alegaram como sendo a garantia de uma adequada procedência destes produtos certificados. Diante desta realidade se faz necessário um trabalho de conscientização junto aos consumidores, enfatizando a importância da certificação sanitária e as possíveis doenças de caráter zoonótico transmissíveis por POA.

 

SUMMARY

 

This study aims at characterizing consumers of animal origin products (AOP) in Lavras, Minas Gerais state, regarding their perceptions of the AOP inspection service and concepts about food safety. A questionnaire with objective questions related to social status, education level, knowledge of the importance of the inspection service and possible diseases transmitted by AOP was elaborated. The locals of the interviews were selected by simple random sampling among the most representative supermarkets in the city. A total of 101 interviews were conducted with consumers approached randomly from both sexes and older than 18 years of age. The results were obtained through a descriptive analysis of the collected data. From the results, it was concluded that there was ignorance about the AOP inspection service (76%), as well as the role of the veterinarian in preserving the health of consumers (85%). Although 92% of respondents had knowledge regarding possible foodborne diseases that can be transmitted by products of dubious origin when they were questioned about the benefits of consuming products from inspected animals, 23% said they were not aware of such benefits, or related to the quality of product (28%) and food safety (36%). Product quality is perceived by the consumers as foods sold within the validity period and commercialized in good conditions. Food safety is understood as guaranteed when consuming a certified product of known origin. Given this reality is necessary to raise awareness among consumers, emphasizing the importance of health certification and the possible zoonotic diseases that can be transmitted by AOP. 


Texto completo:

PDF - RESUMO PDF - SUMMARY


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2013v29n4p113