ANÁLISE DA PRESENÇA DE ESCHERICHIA COLI EM ÁGUA SUBTERRÂNEA DE PROPRIEDADES RURAIS NO MUNICÍPIO DE JABOTICABAL-SP / ANALYSIS OF Escherichia coli PRESENCE IN GROUND WATER OF RURAL PROPERTIES IN JABOTICABAL - SÃO PAULO

A. C. N. F. MAXIMO, L. A. AMARAL, T. M. BLANKENHEIM

Resumo


O município de Jaboticabal está localizado em região onde prevalece a atividade agrícola e há uma ampla utilização da água de poços, tanto para consumo humano, como animal, pertencentes à Microbacia Hidrográfica do Córrego Rico. O presente estudo teve como objetivo avaliar a qualidade microbiológica deste tipo de abastecimento alternativo, em relação à ausência ou não do fator de proteção (revestimento interno e calçada) em 30 poços de propriedades rurais pertencentes ao município. A qualidade microbiológica da água, no período de chuvas (janeiro a março), foi determinada utilizando o método do substrato cromogênico em cartelas Quanti-Tray/ 2000 (APHA,1992) indicando padrões fora e dentro da potabilidade, respectivamente presença ou ausência de Escherichia coli, segundo a portaria 2914/11 (BRASIL, 2011)  A influência dos fatores de proteção dos poços na qualidade microbiológica da água foi determinada por meio do cálculo do Risco Relativo (RR) para o fator de proteção com intervalo de confiança de 95% (SCHWABE et al., 1977). Das 30 propriedades estudadas, 16 (53,33%), apresentavam-se fora dos padrões de potabilidade, e o RR para ausência de revestimento interno foi 3,14, e ausência de calçada foi 4,80, o que significa um risco 3,14, e 4,80 vezes maior, respectivamente, de ocorrer contaminação fecal da água quando da ausência de tais fatores de proteção. Os resultados evidenciaram um elevado número de propriedades fora dos padrões microbiológicos e de potabilidade previstos pela legislação, exigindo a adoção de medidas corretivas e preventivas aliadas ao Programa de Recuperação de Nascentes da Microbacia, visando a diminuir o risco de ocorrência de doenças de veiculação hídrica.

 

SUMMARY

 

The city of Jaboticabal is located in a region where agricultural activity dominates the landscape and water from wells is extensively used for both human and animal consumption. The water sources and wells belong to the Córrego Rico Hydrographic Watershed. The present study aimed to evaluate the microbiological quality of the water supplied by the wells, in relation to the presence or absence of the protection factor (inner lining and sidewalk) in 30 wells of rural properties located in the municipality. The microbiological quality of the water in the rainy season (January-March) was determined using the chromogenic substrate method in Quanti-Tray/2000 cartouches (APHA, 1992) to indicate whether the water was potable or not, quality given by the presence or absence of Escherichia coli, respectively, according to the decree 2914/11 (BRAZIL, 2011). The influence of protective factors (inner lining and side walk) in the wells on the microbiological quality of the water was determined by calculating the relative risk (RR) for the protection factor with a confidence interval of 95% (SCHWABE et al., 1977). Of the 30 properties studied, 16 (53.33%), were outside the potability standards, and the RR for absence of inner lining was 3.14 while for the lack of sidewalk was 4.80, which means a risk 3.14 and 4.80 times, respectively, for the fecal contamination of water to occur when such protective factors are not present. The results showed that a high number of properties are outside the microbiological standards for drinking water according to the present legislation. It is concluded that the adoption of corrective and preventive measures allied to the Recovery Program of Headwaters Watershed are required in order to reduce the risk of waterborne diseases.


Texto completo:

PDF - RESUMO PDF - SUMMARY


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2013v29n4p118