AVALIAÇÃO DA REATIVIDADE DE IMUNOGLOBULINAS Y DE GALINHAS IMUNIZADAS COM VACINA B19 E SUA APLICAÇÃO EM IMUNODIAGNÓSTICO / EVALUATION OF IMMUNOGLOBULIN Y REACTIVITY OF CHICKENS IMMUNIZED WITH B19 AND ITS APPLICATION IN IMMUNODIAGNOSTICS

P. M. SOARES, M. M. SOARES, T. C. F. TAVARES, D. O. GOMES, L. G. S. CHAGAS, A. M. C. LIMA-RIBEIRO

Resumo


A IgY  é assim classificada porque os anticorpos maternos são transferidos do soro sanguíneo para a gema do ovo, desta forma, para adquirir anticorpos reativos para determinado tipo de antígeno, o sacrifício de animais seria evitado, uma vez que os mesmos podem ser extraídos da gema em grande quantidade, o que não ocorre na utilização de mamíferos. Objetiva-se avaliar a reatividade de imunoglobulinas Y de galinhas imunizadas com vacina B19 através produção de anticorpos policlonais específicos, detectáveis em testes oficiais para brucelose, tais como, Antígeno Acidificado Tamponado (AAT) e 2-Mercaptoetanol (2-ME), e no ELISA indireto. Foram utilizadas quatro galinhas, divididas aleatoriamente em dois grupos experimentais, sendo um grupo controle (Grupo 1) e um grupo imunizado com vacina B19 de Brucela abortus (Grupo 2). No Grupo 1 as galinhas foram imunizadas com 250 µL de PBS, e no Grupo 2 com 250 µL da Vacina B19 diluída em PBS, ambos adicionados de adjuvante. Os dois grupos foram imunizados seis vezes durante 13 semanas, quinzenalmente. Para avaliar a produção e reatividade da IgY foram realizadas sete coletas de sangue quinzenais, sendo a primeira, uma semana antes da primeira imunização e as demais uma semana após cada imunização; e coletas diárias de ovos a partir de uma semana antes da primeira imunização, sendo estes separados por grupo e por semana. A IgY proveniente da gema do ovo foi purificada a partir de um pool semanal gema de ovos de cada grupo, utilizando-se os métodos de delipidação através da diluição em água ácida e a precipitação com sulfato de amônio. As galinhas do Grupo 1, não foram reagentes aos testes, enquanto do Grupo 2 produziram anticorpos reativos a este antígeno detectáveis em todos os testes realizados para o diagnóstico de brucelose bovina. Conclui-se que as galinhas produziram anticorpos IgY reagentes nos testes sorológicos realizados, sendo a imunoglobulina Y  um potencial antígeno para produção de anticorpos específicos, a fim de serem utilizados em testes diagnósticos.

 

SUMMARY

 

       The IgY is classified as such because maternal antibodies are transferred from the serum to the egg yolk. Thereby to acquire antibodies reactive to a particular type of antigen, animal killing could be avoided since the antibodies can now be extracted from the yolk in large quantity, something that does not occur with mammals. This study aims to evaluate the reactivity of immunoglobulin Y of chickens immunized with B19 through the production of specific polyclonal antibodies, detectable in official tests for brucellosis such as Buffered Acidified Antigen (AAT) and 2-mercaptoethanol (2-ME), and ELISA. Four hens were randomly divided into two experimental groups, one of which the control group (Group 1) and the second, a group immunized with Brucella abortus B19 vaccine (Group 2). The chickens of Group 1 were immunized with 250 μL of PBS while in Group 2 with 250 μL of B19 vaccine diluted in PBS; adjuvant was added in both. The two groups were immunized six times during 13 weeks, fortnightly. To evaluate the production and reactivity of IgY seven blood samples were collected biweekly, the first, a week before the first immunization and the others a week after each immunization; and eggs were harvested daily starting from a week before the first immunization, and separated by group per week. The IgY from the egg yolk was purged from an egg yolk pool of each group prepared weekly, using the delipidation by dilution with water and acid precipitation with ammonium sulfate method. The chickens of Group 1 were not reactive to the tests, whereas the chickens in Group 2 produced antibodies reactive to this antigen detectable in all brucellosis diagnosis tests. It is concluded that the chickens produced IgY antibody reagents in serological tests performed, and the immunoglobulin Y is a potential antigen for production of specific antibodies that can be used in diagnostic tests.

 


Texto completo:

PDF - RESUMO PDF - SUMMARY


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2013v29n4p7