COMPLEXO TENIOSE-CISTICERCOSE: AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO DE MANIPULADORES DE CARNES NO MUNICÍPIO DE JABOTICABAL, SÃO PAULO, BRASIL / TENIASIS-CYSTICERCOSIS COMPLEX: EVALUATION OF BUTCHERS KNOWLEDGE IN JABOTICABAL, SÃO PAULO STATE, BRAZIL

B. F. IZOLA, G. A. M. ROSSI, M. A. C. PICINATO, E. G. L. HOPPE, K. P. BÜRGER

Resumo


            Taenia saginata e Taenia solium são os agentes etiológicos do complexo teniose-cisticercose bovino e suíno, respectivamente. O conhecimento dos principais meios de infecção constituem medidas importantes de profilaxia sendo os métodos educativos uma das formas de promover a conscientização. O trabalho objetivou avaliar o conhecimento de manipuladores de carne sobre esse complexo no município de Jaboticabal, São Paulo, Brasil. Participaram do estudo manipuladores de carnes de 25 estabelecimentos do município, sendo 9 de pequeno, 10 de médio e 6 de grande porte. A coleta de dados foi feita por meio da aplicação de um questionário estruturado com 12 questões de múltipla escolha e de alternativas “sim/não”, referentes ao conhecimento acerca da epidemiologia, formas de transmissão e infecção e prevenção desta zoonose. Foi avaliado ainda se os estabelecimentos diferem quanto ao conhecimento dos funcionários sobre o complexo teniose-cisticercose, de acordo com o porte da empresa. A análise dos resultados foi realizada por meio da estatística descritiva e pela análise multivariada, adotando-se o método de Análise de Correspondência, por meio do programa Statistica, versão 7.0. Foram utilizados 55 questionários, sendo que destes, 13, 22 e 20 questionários foram obtidos de estabelecimentos de pequeno, médio e grande porte, respectivamente. Apesar de 56% (31/55) dos manipuladores conhecerem o problema, o conhecimento acerca da cadeia epidemiológica é superficial, uma vez que apenas 26% (14/55) responderam que humanos são os únicos eliminadores de ovos. Em adição, 54% (29/55)  responderam que, ao ingerir carne contendo cisticerco viável, humanos desenvolvem cisticercose, e não teniose. Estatisticamente, o nível de conhecimento sobre a doença não diferiu significativamente em relação ao porte da empresa. . Em vista dos resultados observados, nota-se um grande desconhecimento do assunto por parte dos profissionais entrevistados. Após verificar o conhecimento insuficiente sobre a epidemiologia desta enfermidade por parte dos manipuladores dos estabelecimentos comercializadores de carne em Jaboticabal-SP, destaca-se a necessidade de um trabalho de educação sanitária direcionada a esses profissionais neste município, a fim de os mesmos possam estar mais instruídos e dessa forma, promover ações preventivas mais eficientes durante a manipulação.

 

 

SUMMARY

 

Taenia saginata and Taenia solium are the etiological agents of the bovine and swine teniose-cysticercosis complex, respectively. The knowledge about the primary means of infection is an important prophylactic measure while education is the way to promote awareness. This study aimed to evaluate the knowledge of butchers about this complex in Jaboticabal, São Paulo, Brazil. Participants were meat handlers of 25 shops in the city, 9 small, 10 medium and 6 large. Data was collected by applying a structured questionnaire with 12 multiple choice questions and alternatives "yes/no", referring to knowledge about the epidemiology, transmission and infection and prevention of this zoonosis. It was also evaluated whether the shops differ regarding their employees' knowledge about the teniose-cysticercosis complex, regarding shop size. The analysis was performed using descriptive statistics and multivariate analysis, adopting the method of correspondence analysis, using the program Statistica, version 7.0. We applied 55 questionnaires, of which 13, 22 and 20 were answered by meat handlers who worked in small, medium and large shops, respectively. Although 56% (31/55) of the handlers knew about the problem, knowledge about the epidemiological chain is superficial, since only 26% (14/55) answered that only humans can eliminate the eggs. In addition, 54% (29/55) responded that by eating meat containing viable cysticerci, human can develop only cysticercosis, and not teniose. Statistically, the level of knowledge about the disease did not differ significantly in relation to company size. In view of the observed results, there is a great ignorance of the subject on the part of the professionals interviewed. The insufficient knowledge about the epidemiology of this disease by the handlers of butcher shops in Jaboticabal, highlights the need for health education targeted to those professionals, so they can be more educated and thus promote more efficient preventive measures during handling.


Texto completo:

PDF - RESUMO PDF - SUMMARY


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2013v29n4p131