QUALIDADE DA ÁGUA FORNECIDA A OVINOS, SUÍNOS, BOVINOS, AVES E EQUINOS NA FCAV UNESP JABOTICABAL / QUALITY OF WATER SUPPLIED TO SHEEP, PIGS, CATTLE, HORSES AND POULTRY AT FCAV, UNESP, JABOTICABAL

L. F. RIBEIRO, F. R. BARREIRO, L. F. LAVEZZO, G. A. M. ROSSI, A. C. R. SANTOS, L. A. AMARAL

Resumo


Conhecer a qualidade da água e seu papel na transmissão de agentes de doenças é de fundamental importância para o estabelecimento de estratégias de manejo integrado, que possam salvaguardar a qualidade e a quantidade de água. O objetivo desse experimento foi avaliar a qualidade microbiológica da água fornecida a ovinos, suínos, bovinos de corte, aves de corte e equinos na Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias/ UNESP Jaboticabal. A coleta foi feita diretamente dos bebedouros dos animais utilizando-se frascos estéreis (APHA, 1998). A determinação do número mais provável (NMP) de coliformes totais e de Escherichia coli foi realizada pela técnica do substrato cromogênico-fluorogênico-hidrolizável (Colitag) (APHA, 1998). Foram encontrados os seguintes resultados para a água de ovinos: 3990 NMP/100 mL de coliformes totais e 200 NMP/100 mL de E. coli. Para a água de suínos os resultados foram 134 NMP/100 mL de coliformes totais e 0 NMP/100 mL de E. coli;  para a água de bovinos de corte os resultados foram 1580 NMP/100 mL de coliformes totais e 960 NMP/100 mL de E. coli. Para a água de aves de corte e equinos, os resultados foram respectivamente 75 NMP/100 mL de coliformes totais e 50 NMP/100 mL de E. coli e 17820 NMP/100 mL de coliformes totais e 510 NMP/100 mL Dentre as categorias animais analisadas, a maior contaminação por coliformes totais foi encontrada na água dos equinos, seguida da água dos ovinos. Para a água de consumo animal, a Resolução Conama 357/05 permite até 1.000 NMP de E. coli por 100 mL de água. Apenas a água fornecida aos caprinos encontra-se fora desse limite estabelecido pela legislação. Portanto, deve-se atentar para os fatores que possam estar contribuindo para a maior contaminação da água fornecida aos caprinos e sobre a possibilidade da veiculação de E. coli diarreiogênicas pela água e o risco da contaminação de subprodutos.

 

SUMMARY

 

To know the water quality and its role in the transmission of disease agents is crucial in establishing integrated management strategies, which can safeguard the quality and quantity of water. The objective of this experiment was to evaluate the microbiological quality of water supplied to sheep, pigs, beef cattle, broiler chickens and horses in the Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, UNESP, in Jaboticabal. Water samples were collected directly from the troughs of animals using sterile bottles (APHA, 1998). The determination of the most probable number (MPN) of total coliforms and Escherichia coli was performed by the hydrolyzable-chromogenic-fluorogenic substrate (Colitag) (APHA, 1998). We found the following results for the water supplied to sheep: 3990 NMP/100 mL of total coliforms and 200 NMP/100 mL E. coli. For the water supplied to pigs: 134 NMP/100 mL of total coliforms and 0 NMP/100 mL E. coli; water for beef cattle 1580 NMP/100 mL of total coliforms and 960 NMP/100 mL E. coli; water for broilers and horses, the results were, respectively, 75 NMP/100 mL of total coliforms and 50 NMP/100 mL E. coli, and 17820 NMP/100 mL total coliforms and 510 NMP/100 mL E. coli.  The highest amounts of total coliforms were found in the water supplied to horses, followed by the water given to sheep. Water for animal consumption according to Resolution CONAMA 357/05 allows up to 1,000 MPN of E. coli per 100 ml of water. Only the water supplied to the goats is outside the limit set by law. Therefore, attention should be paid to the factors that may be contributing to greater contamination of water supplied to the goats and the possibility of transmission of diarrheagenic E. coli through water and the risk of contamination of products.


Texto completo:

PDF - RESUMO PDF - SUMMARY


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2013v29n4p127