QUALIDADE DA ÁGUA DE BEBEDOUROS DE CONSUMO HUMANO DE DIFERENTES LOCAIS DA FCAV UNESP JABOTICABAL / QUALITY OF WATER IN THE FOUNTAINS FOR HUMAN CONSUMPTION OF VARIOUS DEPARTMENTS AT FCAV, UNESP, JABOTICABAL

L. F. RIBEIRO, F. R. BARREIRO, C. E. G. AGUILAR, A. C. S. GONÇALVES, A. C. R. SANTOS, L. A. AMARAL

Resumo


A qualidade da água tem sido comprometida desde o manancial, pelo lançamento de efluentes e resíduos, o que exige investimento nas estações de tratamento e alterações na dosagem de produtos para se garantir a qualidade da água na saída das estações O objetivo desse experimento foi avaliar a qualidade microbiológica da água de consumo humano de 11 diferentes locais da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias/ UNESP Jaboticabal, os quais são: Biblioteca, Departamento de Tecnologia, Micro-ondas, Departamento de Parasitologia veterinária, UAD, Departamento de Medicina Veterinária Preventiva, Departamento de Engenharia Rural, Departamento de Anatomia e Fisiologia Animal, Hospital Veterinário, Unamos, Restaurante Universitário. A coleta foi feita diretamente dos bebedouros utilizando-se frascos e espátulas estéreis. A determinação do número mais provável (NMP) de coliformes totais e de Escherichia coli foi realizada pela técnica do substrato cromogênico-fluorogênico-hidrolizável (Colitag) (APHA, 998). Uma amostra de cada local foi coletada de bebedouros que não filtram água. As amostras de água de todos os bebedouros apresentaram ausência em 100 mL de coliformes totais e de E. coli. A Resolução Conama 357/05 (a Portaria 2914/2011 do MS legisla sobre a água de consumo humano) não permite a presença de E. coli por 100 mL de água para consumo humano e, todas as amostras encontraram-se de acordo com a Portaria. Sendo assim, pode-se concluir que os bebedouros de consumo humanos da faculdade estão dentro do esperado pela legislação, portanto o sistema da faculdade apresenta alta eficácia em manter a qualidade da água, ou seja, seu consumo não é um risco à saúde pública.

 

 

SUMMARY

 

The water quality has been compromised since the source by the discharge of effluents and waste, which requires investment in treatment plants and changes in the treatment to ensure the quality of water that leaves the treatment station. This study evaluates the microbiological quality of drinking water from 11 water fountains at different locations in the Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, UNESP, Jaboticabal, which are: Library, Department of Technology, Microwave, Department of veterinary Parasitology, UAD, Department of Preventive Veterinary Medicine, Department of Rural Engineering, Department of Anatomy and Physiology, Veterinary Hospital, Unamos and the University Restaurant. Water samples were collected directly from the fountains using sterile vials and spatulas. The determination of the most probable number (MPN) of total coliforms and Escherichia coli was performed by the chromogenic-fluorogenic hydrolysable-substrate (Colitag) (APHA, 998). A sample from each site was collected from fountains that do not filter water. Water samples from all drinkers had neither total coliforms nor E. coli in 100 mL. The CONAMA Resolution 357/05 (Ordinance 2914/2011 MS legislation on drinking water) states that drinking water for human consumption should be free of E. coli per 100 mL; therefore, all samples met the criterion. Thus, we can conclude that the water of the fountains in the University meets the standards required by law and that water quality is efficiently maintained by the University as well. 


Texto completo:

PDF - RESUMO PDF - SUMMARY


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2013v29n4p124