ANEURISMA EM VEIA CAVA CAUDAL DE CÃO: RELATO DE CASO

T. F. TEIXEIRA, J. M. ROZOLEN

Abstract


Uma paciente da espécie canina de 9 anos de idade, SRD, foi encaminhado ao serviço de oncologia, após a retirada de um hemangiossarcoma dérmico em região de abdome. Após pesquisa de metástase, constatou por meio da radiografia de tórax presença de uma formação circular, homogênea de 4 cm em hemitórax direito em topografia de lobo acessório pulmonar. Foi então realizado exames complementares cardiológicos e de imagem tais como ecocardiograma e posteriormente tomografia computadorizada com contraste, que confirmou a presença de aneurisma em veia cava caudal. A paciente apresentava-se assintomática, portanto, tendo sido considerado um achado em estadiamento clínico. O aneurisma é uma dilatação vascular, patologia rara em cães, principalmente em veia cava caudal e suas causas ainda permanecem incertas, tendo na genética como a mais provável. Embora o hemangiosarcoma não seja a causa principal para o desenvolvimento do aneurisma, serviu de gatilho para esse achado. Essa patologia ainda permanece rara na medicina veterinária, mesmo sendo os animais utilizados como principais modelos de estudos para tratamento de aneurismas em humanos.




DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2021v37n4p301-305