HISTOLOGIA, HISTOQUÍMICA E MORFOMETRIA DA EPIDERME E DUCTOS SUDORÍPAROS DO TEGUMENTO DE EQÜINOS

N. A. ANDRIÃO, M. L. ARAÚJO, A. F. IBRAHIM, J. W. CATTELAN, C. CRUZ

Abstract


Com o objetivo de fornecer dados para futuras pesquisas sobre aclimatação de equinos criados em clima tropical, um estudo sobre os aspectos histológicos e morfométricos do tegumento de equinos foi realizado. Foram retiradas amostras do tegumento de 12 equinos (seis machos e seis fêmeas), em três regiões corporais distintas (cervical, torácica e glútea). As amostras foram submetidas ao processamento histológico de rotina. O tegumento dos animais apresentou constituição histológica semelhante, nas três regiões analisadas. Nas reações histoquímicas, nas fêmeas foi encontrada maior quantidade de glicosaminoglicanas neutras quando comparada com os machos. Foram realizadas as contagens de ductos sudoríparos, calculadas as áreas dos ductos e medida a espessura da epiderme. Não houve diferença significativa entre o número e a área de ductos sudoríparos entre os parâmetros sexo e regiões do corpo; no entanto, a espessura da epiderme apresentou-se mais espessa em machos do que em fêmeas, nas regiões torácica e glútea.

PALAVRAS-CHAVE: Eqüinos. Morfometria. Histoquímica. Epiderme. Ductos sudoríparos.




DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2009v25n1p032-037