AVALIAÇÃO DOS EFEITOS DA TERAPIA COM PREDNISONA EM CÃES COM DERMATOPATIA

J. S. THO, F. G. ROMÃO, B. F. M. ALMEIDA, B. P. FLORIANO

Resumo


O objetivo do trabalho foi verificar a presença de efeitos colaterais avaliados pelo método de avaliação clínica e laboratorial em cães com dermatopatias tratados com prednisona em dose anti-inflamatória. Para isso, foram utilizados 11 cães que apresentassem alguma dermatopatia alérgica. Todos esses foram submetidos à terapia com prednisona durante 20 dias, nas doses de 0,25 mg/kg/BID/5 dias, 0,25 mg/kg/Sid/5 dias e 0,25 mg/kg/EDA/10 dias. Exames laboratoriais (hemograma, bioquímicos da função renal, função e lesão hepática, glicemia, colesterol, triglicérides, urinálise, UPC e pressão arterial sistêmica) foram realizados em dois momentos (antes e após o tratamento). Após análise dos resultados não foram observadas alterações estatísticas relacionadas à utilização do corticoide entre os dois momentos estudados. Por tanto, conclui-se que a ausência de alterações pode sugerir que a dose e o tempo de tratamento foram seguros, porém estudos com a utilização de prednisona em doses mais altas e com períodos maiores devem ser realizados afim de demonstrar a relação da corticoidoterapia com efeitos colaterais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2019v35n3p122-126