UTERINE TORSION IN DOMESTIC FELINE - CASE REPORT/Torção uterina em felino doméstico – Relato de Caso

Isis Dal Bo, T. O. CORRÊA, M. P. FERREIRA, F. S. NÓBREGA, R. IDALENCIO, M. V. BRUN

Resumo


A torção uterina é definida como a rotação de um ou dois cornos uterinos, ou ainda de todo o útero, sobre seu eixo longitudinal, sendo mais frequente em fêmeas multíparas. Os sinais clínicos são inespecíficos e, em geral, refletem dor abdominal, sendo o diagnóstico definitivo mais frequentemente realizado por meio de celiotomia exploratória. O tratamento dessa afecção é cirúrgico, devendo ser realizado o mais breve possível. O presente relato descreve um caso de torção uterina em um felino doméstico, sem raça definida e 11 anos de idade, que apresentava intensa letargia, hipotermia, extremidades frias, mucosas pálidas e secas, desidratação estimada em 10%, distensão abdominal e algia à palpação, pulso periférico não palpável e secreção vaginal de coloração sanguinolenta. Na ultrassonografia abdominal foi observada presença de fetos, ausência de batimentos cardíacos fetais e pequena quantidade de líquido livre na cavidade. Após estabilização do quadro clínico, a paciente foi encaminhada para cirurgia de ovariosalpingohisterectomia. O procedimento foi realizado sem desfazer a torção uterina, com o útero e ovários sendo removidos em bloco. O animal ficou sob cuidados intensivos, porém foi a óbito quatro horas após a intervenção cirúrgica.

 

SUMMARY

 

 

Uterine torsion is defined as a rotation of more than 45° around the longitudinal axis of one or both uterine horns more commonly observed in multiparous females. Nonspecific clinical signs generally reflect abdominal pain. Diagnosis is confirmed by exploratory celiotomy. Surgical treatment is urgent and should be performed as soon as possible. This assay reports the uterine torsion diagnosed in an 11-year-old mixed breed cat. The patient was referred with severe lethargy, hypothermia, abdominal pain and bloody vaginal discharge. Its mucous membranes were pale and dry, the extremities were cold, estimated dehydration was 10% and peripheral pulse was not palpable. The patient also had bloating and abdominal tenderness. The ultrasound exam revealed the presence of fetuses without heartbeat and a small amount of free liquid in the abdominal cavity. The patient was referred for ovariohysterectomy surgery after emergency treatment. The resection in bloc technique was performed removing both ovaries and uterus. Despite the intensive care, the animal did not recover and died hours later. 




DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2013v29n2p88-92